Não transforme o seu produto em uma commodity

A commodity is a product or a service that no one cared enough about to market. Marketing creates value, by combining stories, design and care. The product or service is produced in a way that makes engaging with the item better. ​Commodities are in the eye of the producer. If you don’t want to sell something that’s judged merely on price, then don’t.

Seth Godin

Esta frase foi recentemente publicada pelo Seth Godin colocando em algumas linhas um conceito que infelizmente muitas empresas insistem em ignorar: sem uma proposta de valor clara para o mercado, consistente em sua execução ao longo de toda a experiência de uso e que realmente toque o cliente no que ele precisa – e não no que pode ser imposto como parte da estratégia comercial – nenhuma marca se sustenta.

Achamos mais do que adequado usar isso para batizar nosso blog: Don´t be a Commodity. Se precisarmos usar um elevator-pitch em algum momento, este seria a melhor analogia que podemos pensar neste momento: nosso trabalho é entender o que é importante para o mercado-alvo, entender o produto de nossos clientes, construir uma proposta de valor relevante, transformar tudo isso em uma mensagem consistente e garantir que as personas certas recebam o que precisam para ficarem satisfeitas com o produto e felizes com a marca.

A foto do Seth Godin neste post foi tirada pelo Joi Ito, dá uma olhada no Flickr dele que é bem interessante.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Scroll to top
%d blogueiros gostam disto: